Battle League

15151449_1448880478475415_434146369_n

Fala ae pessoal beleza? Rodrigo Mesquita aqui, hoje trazendo a divulgação da mais nova liga de Battle Scenes do Rio de Janeiro, a Battle League.

Portal

Essa liga será organizada pela loja Portal, para quem não conhece é uma loja localizada na Rua Bento Lisboa , 81 A no Catete (Próximo ao metrô). Essa loja tem uma Ambiente agradável e bem localizado. Além de todo ambiente a loja faz Streams dos campeonatos pelo link: https://www.twitch.tv/portalbattlescenes . Além da transmissão a loja grava e publica as partidas posteriormente no Youtube, Link: https://www.youtube.com/portal.

Imagens da Loja:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Agora falando da liga ela será composta de 6 rodadas, ao final dessas rodadas será definido o corte para Top 8 (caso haja um número minimo de 16 participantes) ou Top 4 . O sistema de pontuação por rodada será o seguinte:

1º – 10 pontos.
2º – 8 pontos.
3º – 6 pontos.
4º – 4 pontos.
5º – 2 pontos.
6º – em diante todos ganham 1 ponto.

Além dos pontos de cada rodada, os jogadores que forem frequentes ou seja jogar uma rodada após a outra ganharão um pontos extra.

O critério de desempate é o número de vitórias obtidas durante as etapas. Caso a pontuação e o número de vitórias entre dois jogadores estejam iguais a desempate se dá pela melhor colocação no torneio anterior.

Com relação a premiação, a Portal trabalha com sistema de créditos, ou seja, dependendo da sua colocação vc ganha “X” boosters o jogador invés de pegar os boosters pode trocar o valor por credito se preferir ou até mesmo ir acumulando seus créditos. Obs.: em todas as rodadas terão brindes como por exemplo cartas promos.
Fora a premiação padrão teremos uma medalha para o jogador com maior pontuação após as 6 rodadas e um troféu para o campeão geral.

A Battle League terá inicio no dia 03/12 e será sempre aos sábados com a inicio as 13:00. Segue a agenda oficial da loja:

bl

Maiores informações:

https://www.facebook.com/pedro.sheep

https://www.facebook.com/lojaportal

Anúncios

Report – V Torneio V3 Prezunic Guadalupe

Fala galera!!! Aqui quem vos fala é o Dudu Zava do StarkShop Team trazendo o report da quinta etapa do Circuito Carioca v3 (sim, eu sei, estou mega atrasado ahuahuahuahuhau).
Infelizmente devido ao 2º turno das eleições do Rio de Janeiro tivemos apenas 6 pessoas nesse evento, porém isso não diminuiu o brilho e o desafio desse round 😉
Infelizmente não terei o decklist que utilizei, pois o mesmo foi alterado diversas vezes para o Royal. Sei que a ideia era a mesma do meu deck no Royal, focando em controle e utilizando o Shuma quando precisava de força bruta.

CCBS

 

1º Partida – Marcelo Moura / Shuma
Minha primeira partida foi contra o Marcelo, que também estava utilizando um deck baseado nos Shumas. Abri bem o jogo antes dele e coloquei personagens chave como Alto e Mystério, obrigando-o a esperar para vir pro jogo. Nesse tempo, aproveitei e montei uma boa mesa com vários personagens. Sinceramente nesse ponto achei que a partida estava sob controle, porém quando o Marcelo veio pro jogo, montou uma mesa de respeito: 2 Shumas, Drácula, Blade, Tumba e + coisas que infelizmente não lembro. Cometi um erro bobo ao esquecer-me de utilizar uma Câmeras de Vigilância nos meus recursos para parar o ímpeto que quase me custou à partida, porém meu início de partida me proporcionou uma boa vantagem de draw advantage garantindo assim minha vitória. Foi realmente um jogão, que, aliás, serviu de experiência para ajustar meu baralho para o Royal. Obrigado por essa partida fantástica “Marcelove” ^_^

2º Partida – Victor Hugo / HdeF
Nessa partida, o Victor ganhou nos dados e abriu a mesa com Tony, Máquina de Combate v2 e HdeF v3. Fiquei muito preocupado, pois o match do meu deck contra HdeF era extremamente complicado e essa abertura realmente me assustou. Consegui responder controlando o jogo, utilizando suportes e Cassandra. Como esperado, o HdeF evoluiu para Caça-Hulk e nesse ponto o duelo estava muito equilibrado. Para minha sorte, entretanto, o deck do Victor “zicou” e não vinham cartas para acelerar suas compras. Então aos poucos fui minando o Caça-Hulk e consegui a vitória. Ufa rsrs

3º Partida – Rodrigo Mesquita / Netflix
O Mesquita nesse evento aproveitou para testar uma versão customizada do Netflix. Só que mais uma vez contei com a sorte, pois sua mão veio muito ruim enquanto a minha veio muito boa! Foi apenas questão de administrar e me sagrar campeão \o/
* Infelizmente não me lembro de detalhes dessa partida, então não tenho muito que falar 😥
Com a superação de mais uma árdua etapa, consegui meu segundo título no Circuito Carioca v3. Aproveito o momento para deixar meu sincero agradecimento a todos os jogadores do Circuito Carioca (de todas as etapas), pois com a ajuda de vocês, tanto nas minhas vitórias e derrotas, consegui melhorar como jogador e obter uma ótima colocação no Royal 2016 (mais detalhes em um report dedicado sobre minha participação no Royal em breve kkkkkk)!

#CircuitoCariocaBS
#StarkShopTeam
#TeamBiXcoito <= essa só vou explicar no report do Royal 😛

StarK

Até a próxima o/

Report da Viagem + Battle Royal 2016 – Rodrigo Mesquita

Fala ae galera aqui Rodrigo Mesquita, hoje venho trazer um report do Battle Royal 2016, mas não um report focado nos partidas e tudo mais. Trago um report contando como foi a viagem a escolha do Deck treinos e tudo mais. Então vamos lá.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Antes de começar gostaria de agradecer a todos que sempre me ajudaram de alguma forma em treinos e com o BS em si, mas principalmente ao Raphael Stark que sempre apoiou e acreditou em mim e hoje faço parte de uma equipe maravilhosa de BS.

Eu, Stark e Marcelo decidimos ir para SP para poder treinar mais um pouco e ajustar tudo para o Royal. Posso dizer que essa foi uma das decisões mais corretas que tomamos. Eu Viajei sem a certeza de um Deck posso dizer que Stark também.

Hospedagem

 
 
     Nós 3 e o André que chegou um pouco mais tarde pois foi de ônibus, ficamos hospedados no Apeninos Hotel, local muito com Barato e próximo ao local do evento. Não queríamos ficar em um local onde precisaríamos de uma condução para chegar.

O Verdadeiro Ultimo Treino

 

No dia 11 nosso companheiro de equipe Danilo Nakamura nos levou até a Loja Epic para alguns treinos, Chegando lá tivemos o prazer de conhecer o Tanabe e o Fabiano os finalistas do Royal 2015. Comecei a jogar com o Nakamura com meu até então deck de Illuminati, mas não senti firmeza e resolvi montar o Illuminati Pyro Adaga, nesse meio tempo testei o Deck do Stark, um deck focado em travar o oponente, controlar o jogo um ToolBox. Após alguns treinos me sai muito bem com os dois decks, então surge uma outra duvida com qual deck jogar?
Voltamos para o Hotel e lá fizemos mais alguns treinos, o Stark que também estava na duvida disse “Rodrigo com o deck que você montar eu jogarei” então tinha 90% de certeza que deviria jogar de ToolBox, mas ainda havia aqueles 10% falando pra ir de Illuminatis Pyro Adaga. Fui dormir com a certeza que iria mesmo de ToolBox Control.

Dia do Royal

     Quando acordo o Stark me pergunta “E ai cara vamos de Toolbox mesmo?”, eu ainda não sei muito bem mas falei que achava melhor ir de Illuminatis Pyro Adaga, Eu não sabia muito bem o porque, mas algo em mim falou que aquele era o deck. Deck List:

A ideia era bem simples tentar abrir o jogo com o máximo de personagens possíveis e forçar o adversário a vim para o jogo, caso ele esperasse muito seria punido por roubo de ideias e Ilusão mental. Caso ele abrisse bem o jogo você poderia contra atacar com o Portal + Pyro + Adagas. Eu consegui ganhar partidas tanto controlando o jogo quanto respondendo. Caso alguém queiro saber mais poderei respondo com o maior prazer só chamar ou no meu Facebook pessoal ou na página da StarkShop.

Battle Royal 2016

Pessoal não vou falar aqui como foi cada uma de minha partidas, eu não sei se lembraria cada detalhe e infelizmente não me lembro os nomes dos meus adversários. Uma das coisas que mais gostei foi a tensão é a felicidade de todos do Rio de Janeiro quando um amigo ganhava a Rodada e até mesmo quando perdia dávamos apoio uns aos outros. Eu mesmo não deixei o Rood por exemplo desistir, pois sei o potencial de todos. Após as 6 primeiras rodadas do 1º dia, terminei 5/1 perdendo apenas para o Raphael Stark (Meu proprio deck kkk).
Todos do RJ chegam para o segundo dia com grandes chances de classificação. Eu consegui as 3 vitorias do dia. No Suiço terminei em 2º isso foi uma enorme vitória pessoal para mim.

Passando em segundo enfrentei no top 8 o Célio Sá, não tive uma das melhores mão do torneio, meu adversário tem total mérito pois jogou muito e controlou muito bem a partida. Mesmo com minha derrota eu estava muito feliz por ter chego onde cheguei. ficar entre os 8 melhores jogadores de BS do Brasil foi muito foda. Agradeço a todos que tive o prazer de jogar contra e podem ter certeza que aprendi coisas com cada um dos meus adversários.

Classificação geral:

Fim do Royal

     A final do Royal foi entre Matheus Varela e o Stark. Cara uma final mais do que merecida para os dois. Mesmo eu não estando lá meu deck esteve kkk. o Matheus com seus Ultrons se sagraram campeões desejo por meio deste post mais uma vez parabéns ao nosso campeão.

Team BiXcoito e Rio de Janeiro

Durante o torneio todos do RJ estavam torcendo muito uns pelos outros, Não importava se era Adaga na Caveira ou StarkShop, essa união e o grande desempenho de todos, fez com que todos nós do RJ ali dentro do salão do torneio no meio de vários Paulistas começássemos a gritas biscoito, uma brincadeira por falarem bolacha kkkk brincadeiras a parte foi lindo ver a união de todos.

     Pessoal finalizo aqui meu post, mas devo comentar mais sobre como foi o evento no canal do Youtube da StarkShop que ta quase saindo e minha entrevista para a Copag deve sair logo logo. Obrigado por ler o post e um super obrigado para aquele que me conhecem dentro o jogo, foi muito foda ver algumas pessoas me reconhecendo e me cumprimentando no Evento.
Lembrem-se Usem o Cupom RodrigoMesquita no site da http://www.starkshop.com.br/ e ganhe descontos hein kkkk

Obrigado a todos e até a próxima.